ÁREA DE MEMBROS

@coitenews.com.br

×

Advogado pede que prisão preventiva do homem que agrediu mulher em Ilhéus seja revogada

A defesa do homem que foi flagrado agredindo uma mulher em Ilhéus, pediu à justiça nesta segunda-feira (19) que a prisão preventiva emitida contra Carlos Samuel Freitas Costa Filho seja revogada por ser ilegal.

Na petição, o advogado de Carlos, Caique Santana Mota, disse que, mesmo com a confissão em depoimento, a prisão preventiva seria ilegal sem a corroboração de outras provas.

As imagens foram divulgadas na segunda semana de outubro e mostraram que o agressor sabia que estava sendo filmado antes de ter deferido cerca de oito socos contra a mulher.

No dia 15 ele prestou depoimento à Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (Deam) de Ilhéus e, no dia seguinte, teve a prisão decretada pela justiça.

Segundo divulgado pelo portal BNews, a defesa afirma que o vídeo divulgado não reflete à personalidade de Carlos Samuel, pois ele é “voltado para o trabalho e não para o submundo da criminalidade”. A defesa alega ainda que as imagens foram gravadas em junho e a diferença de tempo mostra que não há “o que se falar em que o acusado viesse a reiterar as práticas delituosas”.

O advogado argumenta ainda que Carlos e a mulher agredida se reconciliaram horas após os fatos. Segundo a defesa, por possuir residência fixa e ter se apresentado à delegacia de forma espontânea, “não há risco à ordem pública se posto em liberdade”.