ÁREA DE MEMBROS

@coitenews.com.br

×

Estudante picado por naja é preso por crime ambiental no DF

O estudante de medicina veterinária que foi picado por uma cobra naja no início de julho foi preso na manhã desta quarta-feira (29) no Distrito Federal.

Ele foi alvo da Operação Snake e foi detido temporariamente por suspeita de integrar um esquema para prática de crimes. Um amigo dele, que teria escondido os animais, já foi preso na terceira fase da operação.

Após ter sido picado, a polícia recebeu denúncias sobre o apartamento onde o jovem mora com os pais. No local foram encontradas outras 16 cobras exóticas, todas ilegais.

A suspeita é que ele integre um grupo de tráfico internacional de animais com a reprodução das serpentes. Policiais investigam se outros colegas do estudante usaram os animais para produzir soro antiofídico ilegal.

Após ter sido picado, o estudante ficou internado e chegou a entrar em estado de coma. Como o animal, um dos mais venesosos do mundo, não é comum no Brasil, um medicamento precisou passar por análise no Instituto Butantan.