ÁREA DE MEMBROS

@coitenews.com.br

×

Nordeste tem maior taxa de incidência de zika e chikungunya; Bahia lidera em número de doentes

Dados coletados no mês de julho pelo Ministério da Saúde revelam que a região do Nordeste possui a maior quantidade de casos de zika e chikungunya no país. Com a última atualização do Boletim Epidemiológico, foi possível constatar que a Bahia é o estado nordestino com maior número de doentes.

De acordo com números de vítimas contabilizadas até o fim do mês de julho, no total, 56.717 casos prováveis de chikungunya foram notificados no Brasil, possuindo uma taxa de incidência de 27 casos por 100 mil habitantes. A região com maior taxa é o Nordeste, com 62,1 casos a cada 100 mil habitantes, contando com 35.440 casos, e o estado da Bahia é o local que mais sofre com a quantidade de vítimas do mosquito, apresentando uma concentração de 48,6% dos casos prováveis no país, ou seja, 27.547 vítimas.

No país, foram confirmados 12 óbitos pela chikungunya, distribuídos nos estados da Bahia, Maranhão, Espírito Santo, Ceará, Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco, Rio de Janeiro e Mato Grosso, além de outros seis mortos com causa ainda sob investigação.

Os casos de zika são bem menores, mas o Nordeste ainda é o líder em número de doentes. Foram notificados 5.334 casos prováveis, com taxa de incidência 2,5 casos por 100 mil habitantes no país. A região Nordeste apresentou a maior taxa, sendo de 6,2 casos/100 mil habitantes (3.526 casos). Apenas o estado da Bahia concentra 47,2% dos casos de zika no Brasil (2.515 vítimas), porém, até a última atualização, realizada no início do mês de julho, não há casos de óbitos pelo vírus.

Na capital da Bahia, algumas medidas em combate à Aedes Aegypti estão sendo tomadas. De acordo com a Secretaria Municipal da Saúde (SMS), o Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) promove ações conhecidas como Quinta Especial e Sexta Especial, onde há o combate em localidades com alto número de denúncias, onde há a aplicação de inseticida, borrifação ultra baixo volume (UBV Costal e realização de ações educativas com a população.

Segundo a SMS, os mutirões, realizados em parceria com a Empresa de Limpeza Urbana de Salvador (Limpurb), apresentaram uma redução de 55% no número de notificações em Salvador.