ÁREA DE MEMBROS

@coitenews.com.br

×

STF arquiva pedidos para investigar Bolsonaro e filho no caso Marielle

Foto: Geraldo Magela | Agência Senado

O Supremo Tribunal Federal (STF) arquivou na última terça-feira (17), por meio do ministro Alexandre de Moraes, dois pedidos que solicitavam a investigação de Jair Bolsonaro e seu filho Carlos Bolsonaro no envolvimento da morte da vereadora do Rio de Janeiro, Marielle Franco.

As notícias-crime foram apresentadas no mês de novembro pelo PT e pela Associação Brasileira de Imprensa (ABI), após um porteiro do condomínio em que Bolsonaro e o filho têm casa, citar o nome do presidente em um depoimento à Polícia Civil.

Continue lendo depois da Publicidade

Nas representações constavam alegações de obstrução de Justiça, após Bolsonaro ter declarado em público que pegou as gravações da portaria do condomínio. Na ocasião, Carlos Bolsonaro chegou a publicar em seu perfil do Twitter um vídeo com áudios do sistema de gravação das ligações.

De acordo com o procurador-geral Augusto Aras, os áudios já se encontram sob a guarda das autoridades competentes e não houve indícios de ilícito criminal.

Continue lendo depois da Publicidade

“A noticiante [ABI e PT] não trouxe aos autos indícios mínimos da ocorrência de ilícito criminal. […] O princípio do monopólio constitucional da titularidade da ação penal pública no sistema jurídico brasileiro somente permite a deflagração do processo criminal por denúncia do Ministério Público”, escreveu o ministro.

“Assim, tendo o Ministério Público se manifestado pelo não conhecimento do pedido, notadamente em razão da ausência de indícios mínimos da ocorrência de ilícito penal, determino o arquivamento desta notícia-crime”, concluiu.

Continue lendo depois da Publicidade

Se você vê, seu cliente também está vendo!